ARTIGOS





O poder do testemunho de Jesus Cristo


O poder do testemunho de Jesus Cristo
“Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra.” (At 1.8)
Introdução
O testemunho acerca da ressurreição de Jesus, para aquela época era a coisa mais louca e impactante que alguém poderia ouvir. Jamais se ouvira falar de alguém que houvesse morrido e ressuscitado à ponto de comer, beber, conversar com as pessoas. Tal fato divergia totalmente do entendimento de muitos religiosos, que pregavam não haver ressurreição (Vide ICo 15). Mas, os discípulos de Jesus, aos quais os fatos foram comprovados, foi uma experiência muito sobrenatural e, por isso tornava-se desafiador falar do assunto, até porque houve um conluio, uma cumplicidade, um combinado entre os principais dos sacerdotes e os soldados que guardavam o túmulo para falarem que o corpo de Jesus havia sido roubado pelos seus seguidores. Além das perseguições oriundas das tentativas de abafar a ideia da existência de um Rei que ameaçasse o império Romano e a numerosa conversão de pessoas à nova Religião, abandonando o judaísmo e as outras culturas religiosas.
O alicerce do cristianismo é a ressurreição de Jesus. A vida de Jesus é que é a vida da igreja. Ele vive e isso é para nós algo muito confortante e dá segurança aos filhos de Deus em Seu Reino.
O livro de Atos deveria ser chamado também de "O livro do testemunho de Cristo"


O poder na vida daqueles que testemunham de Jesus Cristo
Para se anunciar um fato tão sobrenatural (ressurreição eterna) , era necessário poder sobrenatural, pois a mensagem seria impositiva à toda a sociedade local e ao mundo em geral e não apenas para alguém que, por ventura viesse a se interessar pelo assunto. Daí que vem a necessidade de sermos dotados de poder do Espírito Santo para anunciar a viva e poderosa mensagem do Evangelho, dizendo que ELE MORREU, MAS RESSUSCITOU. QUE ELE VIVE ETERNAMENTE E EM BREVE VOLTARÁ. QUE SEU SACRIFÍCIO DE SANGUE, UMA VEZ ACEITO, É SUFICIENTE PARA PERDOAR PECADOS COM GARANTIA DE SALVAÇÃO E VIDA ETERNA. Está é a genuína mensagem do Evangelho de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Só podem testemunhar de Cristo, aqueles que aceitaram o Seu testemunho como verdadeiro.
A força e a essência do Evangelho de Jesus é o testemunho de que ELE vive. Portanto, devemos anunciar o evangelho, sem pensar se as pessoas vão crer ou não.
Você quer anunciar a mensagem com Poder e autoridade? Então, creia e busque ser batizado no Espírito Santo e receba Seus Dons Espirituais para falar com ousadia e intrepidez a mensagem do Evangelho para esta sociedade morta e corrompida que está à sua volta.
O que acontece quando testemunhamos da vida de Cristo para as outras pessoas e elas crêem?


· Os Céus se abrem sobre a vida das pessoas e passam a entender muitas questões relativas ao Reino de Deus
“Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, é naqueles que se perdem que está encoberto, nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus. Pois não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus como Senhor...” 2 Co 4.3-5
· O nível de fé aumenta quando uma pessoa ouve e crê (A fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Cristo - Rm 10.7)
· Quando testemunhamos da vida de Jesus, impactamos o inferno com o Diabo, seus principados e potestades
“Então, ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora é chegada a salvação, e o poder, e o reino do nosso Deus, e a autoridade do seu Cristo; porque já foi lançado fora o acusador de nossos irmãos, o qual diante do nosso Deus os acusava dia e noite. E eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho...” Ap 12.10,11
· O testemunho de Cristo, dá argumentos para o Espírito Santo convencer o ouvinte a respeito do pecado, da justiça e do juízo.
“E quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo” (Jo 16.8)
· Quando o testemunho é transmitido, ainda que uma pessoa já o tenha ouvido, viabiliza o arrependimento, pois a Palavra de Jesus é vida.
“O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos tenho dito são espírito e são vida”.(Jo 6.63)
· Quando o testemunho de Cristo é aceito credencia o ouvinte a entrar no Reino de Deus pela porta da salvação
“Eu sou a porta; se alguém entrar a casa; o filho fica entrará e sairá, e achará pastagens” (Jo 10.9)
· Quando o testemunho de Cristo é aceito, opera libertação na vida do pecador (cadeias são quebradas)
“De repente houve um tão grande terremoto que foram abalados os alicerces do cárcere, e logo se abriram todas as portas e foram soltos os grilhões de todos” (At 16. 26)
· Quando o testemunho de Cristo é aceito, produz salvação na família
“Responderam eles: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa” (At 16.31)
· Quando o testemunho de Cristo é aceito, libera a pessoa para receber o batismo no Espírito Santo
“Começando eu a falar, desceu o Espírito Santo sobre eles como no princípio descera também sobre nós” (At 11. 15)
Conclusão
Pregar a Palavra, significa fixa-la na sociedade. Por isso que cada pessoa que se converte, necessita ser consolidada na fé. No MAR usamos o evangelismo de relacionamento e o convite para a célula é o primeiro passo para uma pessoa ouvir o evangelho.
Não podemos calar a voz do evangelho. O Diabo que nos calar, o pecado quer nos calar, o mundo quer nos calar... mas, bem aventurado os pés daqueles que anunciam coisas boas, que anunciam coisa novas.
O apóstolo Paulo diz â Timóteo: Prega a Palavra, intes a tempo e fora de tempo...
“Os que semeiam em lágrimas, com cânticos de júbilo segarão. Aquele que sai chorando, levando a semente para semear, voltará com cânticos de júbilo, trazendo consigo os seus molhos” (Sl 126.5,6)

Destaques




Últimos Artigos




Próximos Eventos